A vida que não estamos vivendo

não estamos vivendo

Hoje cheguei contando os meus dramas ao terapeuta, que me perguntou sobre qual o meu maior medo, ao que respondi: morrer em vida. Ele sorriu e me disse: você já está vivendo o seu medo.

Tenho deixado que inúmeras situações me impeçam de viver, tenho deixado que muitas coisas me tirem a paz. Não estou lutando para continuar viva. Recentemente assisti  o filme O Encantador de Cavalos e me fez refletir sobre o que é de fato saber sobre quem é e lutar pela própria vida.

Esse processo de mudanças, de desconstrução de um monte de pensamentos que se tornaram padrão na mente, leva tempo, gera dor e traz a sensação de que talvez nada nunca realmente vá mudar. Mas já está mudando.

Não posso passar mais tempo vendo a minha vida passar, não posso desistir de ser quem sou, de lutar para saber sobre quem sou, não posso e VOCÊ também não pode continuar essa não vida. A gente se conforma muitas vezes com situações que nos agridem, que vão contra a nossa essência e tudo por um bocado talvez de falso afeto. Sair do lugar comum não é simples, não é assim de uma hora para outra e gera muita, mas muita dor.

Há uma vida plena que nos foi dada e o que temos feito? Temos deixado que ela passe, que escorra entre os nossos dedos como areia. Temos deixado de lutar por nós, temos dado ênfase aos sonhos encantados, mas o que temos feito para que se realizem?

Vamos viver já! Não é fácil, claro que não. Precisei ouvir isso de um terapeuta para repensar a minha vida e perceber que é necessário quebrar padrões construídos desde a infância.

Será que vale a pena ficar em uma situação apenas por comodidade? Arrisque…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s