Quais os reais benefícios da leitura para o cérebro?

Além da capacidade de transportar o ser humano para diferentes universos, os benefícios da leitura para o cérebro são cientificamente comprovados. De acordo com matéria publicada pela revista Galileu, foram listados alguns dos principais benefícios da leitura para a saúde:

Aumento da empatia – Não importa o tipo de narrativa, um livro, independentemente de gênero, é capaz de aumentar a empatia em quem lê – essa foi uma descoberta publicada no periódico Trends  in Cognitive Sciences  – que apontou que a leitura é capaz de despertar em quem lê a compreensão sobre os sentimentos dos outros, principalmente quando ocorre envolvimento emocional com circunstâncias e personagens.

Aumenta a criatividade – Já segundo estudo publicado pelo Creativity Research Journal, foi mostrado que após o contato com uma obra de ficção, as pessoas tendem a se sentir mais encorajadas a analisarem situações sob inúmeras perspectivas, o que faz com que passem a enxergar muitas possibilidades em seu cotidiano.

Pode reduzir preconceitos – Quando um leitor aprende sobre o universo de outras pessoas e personagens, tende a vencer preconceitos enraizados em si mesmo.

Reduz o estresse – Em pesquisa publicada em 2009 pela Universidade de Sussex, foi provado que apenas seis minutos de leitura já ajudam na redução de 68% dos níveis de estresse. Participantes do estudo tiveram diminuição na frequência cardíaca e alívio na tensão muscular.

Reduz os riscos de desenvolver Alzheimer ou demência – A leitura é um poderoso estimulante mental e segundo pesquisa publicada em 2013, pelo jornal Neurology, foi provado que pessoas que leem assiduamente, após a vida adulta, têm as faculdades mentais preservadas por mais tempo.

Biblioterapia – Sabia que este é um tipo de terapia? Trata-se da indicação de leituras terapêuticas que atuam na redução do estresse e no tratamento de doenças como a depressão ou de algum desequilíbrio emocional.

Agora que você já sabe sobre os importantes benefícios da leitura para a saúde, por que não introduzir esse hábito no seu dia a dia? Escolha um livro de um tema que lhe agrade, pode ser ficção, não ficção, uma autobiografia sobre alguém que admire ou que tenha curiosidade em conhecer mais…

O escritor francês Marcel Proust diz que ‘a leitura é uma amizade’ e isso tem profunda relação com o vínculo que se cria a partir da leitura de um livro. Muitas vezes, você pode começar a ler uma obra sem qualquer pretensão, e de repente… se encanta com algum personagem, seja pelas semelhanças ou diferenças. É possível criar simpatia, empatia e até desprezo por alguns personagens. E sabe o que é mais mágico em tudo isso? É que como leitor (a), a relação que se estabelece com uma obra é única. Os personagens terão em seu imaginário características únicas, que não serão iguais às características no imaginário de outro leitor da mesma obra.

Já o autor americano Thoreau certa vez disse que ‘muitos homens iniciaram uma nova era na sua vida a partir da leitura de um livro’, e sim, dependendo da obra e do envolvimento que se estabelece, aquela mensagem ecoa dentro da alma e alguma transformação maior pode se dar no cotidiano do leitor, ainda que não perceba exatamente que foi aquele determinado livro que o inspirou. É como fazer o uso de um medicamento homeopático sem muita crença nos efeitos, e de repente, perceber alguma melhora.

Saramago acredita que ‘a leitura é, provavelmente uma outra maneira de estar em um lugar’, e claro, ao ler um livro é possível estar em qualquer lugar do mundo, há quem refute essa ideia, mas é que a viagem que se faz dentro de si é muito mais transformadora do que aquela que se faz por dentro do mundo físico, limitado.

Não importa se é um livro de ficção ou não, o mergulho que se faz é único. Em caso de livro de ficção, esteja preparado (a) para se apaixonar, para criar antipatias, para rir, chorar, irritar-se profundamente, esteja preparado para sentir. É possível compreender a alma de personagens independentemente da nacionalidade – e da tradução da obra – , porque uma narrativa ficcional reúne nuances da alma de quem escreve e comunica à alma de alguém em solidão, em qualquer parte do mundo.

Um personagem solitário em uma obra literária tem apenas uma chance de conquistar a amizade de alguém atrás das páginas de papel ou de um meio eletrônico, e se isso acontece, esse personagem passa a se comunicar fazendo brotar um anseio revolucionário na alma do leitor, sem que ele se dê conta, de que foi uma amizade que começou despretensiosamente em um livro, unido ao seu momento de deleite e solidão.

Para conhecer sobre a obra Mulher Quebrada, acesse a Chiado Books

3 comentários sobre “Quais os reais benefícios da leitura para o cérebro?

  1. Pingback: Quais os reais benefícios da leitura para o cérebro? — – O PODER DA LEITURA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s