À divindade chamada Arte

Finalmente despertei. Me perguntava “será que eu quero o teatro?”, mas entendo que não sou eu, mortal e podre que se autoriza ou não, quem me questiona é a arte: “será que eu quero essa alma?”.

Será que essa divindade, tão poderosa e viva me deseja como serva? Será que a arte pura deseja lapidar um pedaço de pó?

Na minha alma caberiam nuances de alma de outras vidas? Será que queres a mim, arte? Te sirvo, eu? Saiba tu, que de alguma maneira te digo sim, não um estridente sim, mas a minha alma te diz lá no fundo que me trazes algum sentido, que completamente não entendo.

A ti, deixo uma súplica: “me perdoe, eu perguntei ao meu eu se te queria, mas só tu podes me autorizar ou não, a servir-te de alguma forma”.

Quero lhe agradecer pela possibilidade de conhecer-te, tão pouco ainda, mas é mágico aquilo que fazes com um ser tão pequeno, é como se me respondesse por meio de manifestações do teu poder, que posso lhe servir um pouco do que em mim sequer sabia que existia.

À manifestação divina chamada arte deixo a minha súplica: “que eu possa sentir mais do que tenho sentido pelo leve tocar de sua magia. Que eu possa através de personas, viver o que há em minha alma”,

Ainda que todas as estrelas se apaguem, quando a tua luz se manifestar em uma noite de trevas, quero te ver sublime como é, em minha alma, com todas as minhas esperanças de vida.

Suplico-te, arte, do profundo pó, que me permita ser o que quiseres, aliás, tenho a pura sensação de que és o único caminho pelo qual chegarei a conhecer-me como é preciso para a minha consciência como humana.

Possua a minha alma… Quando exerço a sua vontade me sinto por algum instante total, e isso é tão mágico que me faz reverenciar-te além da minha vida perto do fim, mas próxima da misteriosa eternidade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: