Não sabote o processo de cura!

Oie! Espero que esteja bem e que tenha passado um bom final de ano.

Quero compartilhar com você uma reflexão com base em experiência pessoal.

Todas nós passamos por um período mais dolorido em fases da vida, são aqueles momentos de renovação necessários, em que precisamos de cura.

Minha cura passa especialmente por meu relacionamento pessoal com Deus, mas no geral, as curas vêm de observação interior, de lidar com as feridas internas, de encarar aquilo que não é agradável, porque dói.

Recentemente sofri um pequeno acidente que tirou uma parte da minha pele do dedão do pé. São aqueles cortes que em contato com a água latejam, até arrepiam e levou dois meses exatamente para cicatrizar.

Estranhamente, ao enfrentar uma situação que envolvia cura emocional, pensava nesse machucado, pensava que se resolvesse retirar a casquinha antes da cicatrização, ia sangrar, porque cicatrizar leva tempo e naturalmente achamos que podemos acelerar o processo.

Ainda não estou cicatrizada, a casquinha ainda está por aqui e sempre que surge aquela vontade absurda de tirá-la, relembro meu machucado recente, como foi o processo até a cicatrização.

Às vezes nós tentamos “apressar” as coisas, tirar a casquinha da ferida, mas isso só vai atrasar o processo. Eu sei que é difícil, sei que algumas pessoas, como eu, têm muito mais dificuldades na jornada, ou até têm uma tendência maior para a autossabotagem.

Quando surgir esse desejo de apressar as coisas, lembra de um dos seus machucados físicos e da casquinha que começava a soltar, te tentando a puxar a pelinha… Ainda não está cicatrizado, então não mexe, espera, respira, pensa mais no que te levou a tudo que aconteceu.

Talvez essa seja a analogia mais estranha ou quem sabe nojenta que já leu, mas às vezes funciona ter uma imagem literal do que acontece com as emoções. Se ler Freud ou conhecer mais Jung está mais distante da sua realidade e tempo disponível hoje, aproveite o simbolismo de uma ferida física, no geral, a lógica é a mesma. Para cicatrizar, não se deve tentar apressar, se mexer, vai sangrar.

Publicidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s