Cavalos Selvagens

Eu prefiro os Rolling Stones, gosto das músicas, me emocionam e me despertam para muitas coisas nesta vida insana… Um dia, por acaso vi na TV o show da banda no momento da execução da música Wild Horses e… chorei… Meu inglês é péssimo, mas de uma forma impressionante aquela música entrou em minha alma. E quando … Continue lendo Cavalos Selvagens

Porque nada floresce da noite para o dia

*Texto originalmente publicado no blog Barasa Plutônica Cada coisa a seu tempo, mas como é difícil se render ao tempo! Tantos sonhos, tanta esperança ardendo na alma e ao mesmo tempo, é preciso lidar com um jardim em processo de transformação. Um jardim secreto, que está dentro da alma, esperando para ser cultivado. Mary Lennox … Continue lendo Porque nada floresce da noite para o dia

“Quando conhecer sua alma, pintarei seus olhos.”

Texto publicado no blog Barasa Plutônica Houve no mundo um artista italiano conhecido como Amedeo Modigliani, talentoso, imperfeito, vivaz, doente e talvez mais parisiense do que italiano. Se algum conhecedor de obras de arte ler este primeiro parágrafo, provavelmente gritará: “Quanta estupidez!” Mas vou lhe contar algo que precisa saber sobre a sabedoria… Ela não … Continue lendo “Quando conhecer sua alma, pintarei seus olhos.”

Quando a alma estiver triste

Conteúdo originalmente publicado no portal Barasa Plutônica Há momentos em que desabar é inevitável. A gente abre a janela, olha algumas vezes a mesma paisagem, numa falsa esperança de que a vista seja outra, além da realidade. É como se a alma estivesse gritando dentro da gente e ninguém pudesse ouvir, sequer imaginar, que a … Continue lendo Quando a alma estiver triste

nelson rodrigues

Nelson, eu sou Rodriguiana

*Texto inicialmente publicado no blog Barasa Plutônica, em 2015 Conhecer Nelson Rodrigues me transformou. Este homem brilhante, que percorreu do jornalismo à dramaturgia com elegância indiscutível me mostrou mais do que talento, temperamento, passionalidade, brilhantismo, erotismo, nudez… Este homem me mostrou quem sou. Sim, existem estudos sobre obras de Nelson Rodrigues, biografia do autor pelo … Continue lendo Nelson, eu sou Rodriguiana

O meu sol roubado, meu desejo pela lua e pelas palavras cruas

Por algum tempo vivi dentro daquele limite invisível que dita que para que tudo dê certo é necessário se refrear. Não mostre tudo o que é, não mostre as estranhezas, a natureza, a fé, não mostre a si assim como é. Naquelas aulas de educação artística que eu adorava, certa vez pintei… uma casa cercada … Continue lendo O meu sol roubado, meu desejo pela lua e pelas palavras cruas