A arte já nasceu livre!

*Texto publicado originalmente no blog Barasa Plutônica em 2017 O meu primeiro contato com o ocorrido no MAM (Museu de Arte Moderna) sobre a interação da criança com o corpo nu de um homem foi por meio de uma matéria no portal goiano O Popular. Li, e no mesmo momento me lembrei de Marina Abramović, … Continue lendo A arte já nasceu livre!

À divindade chamada Arte

Finalmente despertei. Me perguntava "será que eu quero o teatro?", mas entendo que não sou eu, mortal e podre que se autoriza ou não, quem me questiona é a arte: "será que eu quero essa alma?". Será que essa divindade, tão poderosa e viva me deseja como serva? Será que a arte pura deseja lapidar … Continue lendo À divindade chamada Arte