À divindade chamada Arte

Finalmente despertei. Me perguntava "será que eu quero o teatro?", mas entendo que não sou eu, mortal e podre que se autoriza ou não, quem me questiona é a arte: "será que eu quero essa alma?". Será que essa divindade, tão poderosa e viva me deseja como serva? Será que a arte pura deseja lapidar... Continuar Lendo →

Anúncios

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: