Claridade

*Texto originalmente publicado no blog Barasa Plutônica em 2018 Os espelhos me perguntam: Quem é você? As letras me pedem: escreva como você escreve. Meus sonhos me pedem mais energia e crença. Minha vida pede para que eu não tenha medo de morrer. Minha respiração me pede mais inspiração e olhos fechados. Minha cor mais … Continue lendo Claridade

Sem paixão, não há razão para viver

Certa vez, nem sei bem como, cheguei ao filme Azul é a cor mais quente e o achei tão genial! Quando se vê Emma (a personagem com o cabelo pintado de azul), instintivamente o espectador pensa que trata-se da protagonista da história, mas quando a narrativa começa a ser descortinada, então percebe-se que aquela menina … Continue lendo Sem paixão, não há razão para viver