É preciso deixar a esperança guiar a alma

Texto originalmente publicado em Barasa Plutônica Será que basta a gente dizer que tem esperança? Será que basta dizer a si mesmo todos os dias, mesmo diante de adversidades que existe  esperança? Às vezes acho que ter esperança também é uma questão de estar atento aos sinais… De deixar os pequenos detalhes do cotidiano mostrarem … Continue lendo É preciso deixar a esperança guiar a alma

E daí que o mundo tá todo virado?

Tá tudo muito errado por aí. Os dias tem sido cada vez mais sombrios. A mentira tem resistido com tamanha força. Os sonhos de milhares tem virado pó. Muitas pessoas cansaram de esperar. Tá tudo louco, errado, incerto e cada vez mais difícil. Quantas lágrimas será que caem por segundo no mundo? Quantas vezes por … Continue lendo E daí que o mundo tá todo virado?

Viver sem esperança não é vida!

Podemos conviver com uma série de inconstâncias, com uma guerra de sensações internas. Podemos experimentar a sensação de alma agonizante em diversos momentos da vida. Podemos experimentar a morte em vida, neste paradoxo enlouquecedor. Mas sem esperança, quem vive? Quem vive sem certeza de dias melhores? Podemos conviver com pessoas pelo simples exercício da educação … Continue lendo Viver sem esperança não é vida!

Que o seu ato de esperança persista

Que a esperança é bela e que falar ou escrever sobre ela gera inspiração, não há dúvidas. É um ato de coragem solitário, cujo símbolo 'Esperança' — esse nome forte que não importa como entoado é — gloria-se por si só apenas por bradar até mesmo contra a morte… principalmente contra a morte dos sonhos. … Continue lendo Que o seu ato de esperança persista