Andei só… pela noite

"Cantei um reggae para os cachorros da rua" "Cantei um verso daquele velho samba pra Lua" Tenho viajado muito, aqui na mente. E me perdido, claro, porque para a arte do encontro a gente primeiro não acha o caminho. Preciso demonstrar pra ela, que mereço o seu tempo pra dizer... Preciso contar pra ela a... Continuar Lendo →

A solidão só é vilã quando nós não sabemos conversar conosco

Se tem um trecho de música contraditório é o ‘é impossível ser feliz sozinho’. Se a gente for pensar no sentido de vida em sociedade, o sentido está, por exemplo, na execução de nossos projetos e de que para serem bem-sucedidos, dependem de outros seres. A família é outro exemplo de tesouro inestimável para milhares... Continuar Lendo →

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: